2 de dezembro de 2005

Feliz da vida.. à toa!

Não sei porque estou tão feliz!
Preciso refletir um pouco e sair do barato.
Não posso continuar assim, feliz, como se fosse um sentimento inato, sem o menor motivo, sem ter uma razão de fato. Ser feliz assim é meio chato.
Perdi o dinheiro que tinha guardado e pra completar, depois disso, eu fui despedido - estou desempregado.
Nem no amor, que sempre foi meu forte, não tenho tido muita sorte.
Estou sozinho, sem saída, sem comida, sem dinheiro e feliz da vida!!


Nenhum comentário :