22 de janeiro de 2006

Ânsia

Busco no cigarro a droga que me acalma. Sinto os nervos à flor da pele. Tenho os sentidos todos em fogo. E não existe água que apague esta ânsia. Sei o que procuro. É simples - satisfação! É tão simples que se torna complexo. Quanto mais olho para dentro mais a sede me controla. E exige ser saciada. Pareço uma louca à procura da fonte que pode saciar esta ânsia. Por isso busco o cigarro. A droga que me acalma. E por momentos esqueço tudo.
- desconheço o autor...


Nenhum comentário :