2 de junho de 2006

Oiês!

Finalmente a desocupada aqui começou a trabalhar!
E ando só o pó! Acordo 5 e meia da madrugada e chego em casa às 19hs.. se levo 1 hora pra chegar lá e acho isso ruim, pior é levar quase 2 pra chegar em casa!!
Mas não reclamo! Estou super feliz! Estou trabalhando num lugar legal, com pessoas que parecem ser legais também, estou aprendendo coisas novas e reciclando as já conhecidas.. e agora, depois de quase 15 anos na mesma profissão, acho que consigo ver além do horizonte!
Não penso em ser gerente, mas quero um dia me sentir capaz de liderar, mesmo que não venha a exercer tal função. Eu já tive uma experiência dessa, e confesso - preciso aprender muito pra chegar lá!
Aliás.. estávamos conversando sobre isso hoje no café da manhã.. e todo mundo que trabalha em escritório quer sempre ser gerente, né?! É engraçado... Eu já tive vários chefes, bons e ruins, e penso que nem todo mundo tem aptidão pra isso. E aí acho que a coisa fica pior, porque no fundo, a pessoa sabe que não tem o dom, e fica frustrada e acaba descontando essa frustração de um jeito ou de outro em quem está a sua volta, tornando a função mais difícil ainda de ser exercida...
Agora, será mesmo que é preciso ser gerente (ou ter um alto cargo) pra se dizer que uma tem sucesso e que está satisfeito com a profissão que escolheu?
Aí me vem aquela cena do filme "entrando numa fria", com Robert De Niro e Ben Stiller - ele é enfermeiro e o pai da noiva só tem amigos médicos, e no café da manhã estão todos reunidos e o pai tenta embaraçar o noivo por causa da profissão, perguntando se ele não foi "capaz" de chegar lá, e ele passou pra medicina mas descobriu que era feliz como enfermeiro!
Acho que isso vale mais!!


Nenhum comentário :