4 de novembro de 2006

O Castelo Mal Assombrado...

Eu moro em SP há pouco tempo, e, ao contrário de muitos, não acho que seja um bom lugar pra se viver. Mas como todo bom brasileiro, eu também me acostumei... Mas tá longe de ser "meu lugar ao sol", sabe...
Sou obrigada a concordar que aqui tem muito o que se fazer, pra quem tem dinheiro... o que não é o meu caso (rsrs), e o de muitos. E aqueles que não são ligados a coisas materiais, aos luxos, às frescuras, assim como eu, acabam encontrando formas alternativas de se divertir...
Eu, por exemplo, vivo à procura dos "restos mortais" da cidade, das histórias mal-contadas dos becos e vielas, dos autores anônimos de estátuas e monumentos, dos cemitários-museus a céu aberto, dos escombros e ruínas que estão sob nossos pés...

O Castelo Mal Assombrado...
Na rua Dom Domingo de Silos, na zona norte de São Paulo, fica uma construção bastante conhecida na região. Para a maioria, o número 238 da rua abriga um casarão mal-assombrado. E sob certo ponto de vista, é preciso concordar que a aparência da residência colabora para aumentar a má impressão. Com muros recobertos por cercas vivas, o lugar é tomado pelo escuro. Na porta, uma imagem inteira branca é iluminada por uma lâmpada vermelha, dando o clima de medo e tensão.
Sobre o local, muito já se falou. Para alguns, é a residência da "Ku Klux Klan brasileira". Para outros, o templo de diversos rituais de magia negra, onde crianças são brutalmente sacrificadas. Dizem que a imagem que decora a entrada já foi vista, inclusive, caminhando pelos jardins...
Atualmente, a casa é um mosteiro, onde ficam abrigados os jovens ligados aos "Arautos do Evangelho", uma associação internacional de direito pontifício ligada à Igreja Católica. Na residência, há muito ocupada pela igreja, os jovens são treinados para evangelizar. "Aqui é como um mosteiro. Antes dos Arautos do Evangelho, a casa era ocupada pelos monges beneditinos", explica um dos internos. E quanto à lenda, o jovem diz ignorar: - "Não conheço as histórias", desconversa...
De qualquer forma, a casa atrai inúmeros curiosos, que, fascinados pelas lendas do "castelinho mal-assombrado", param esperando que algo aconteça...


Nenhum comentário :