27 de dezembro de 2006

O Ano Passado Que Vem

Quantas horas cabem num segundo?
Onde é que eu estou há cem mil anos atrás?
Pra que direção mora o futuro?
E que passado o amanhã nos trás?

Quantas vezes eu morri agora?
Quantas vidas irei suportar?
Não é por estar aqui do lado de fora
Que eu não adentre com o meu olhar

Ninguém pode ser feliz
Só os ignorantes
Que não prestam a devida atenção
Que não procuram a Verdade
Preferem sorrir pra ilusão
De viver uma só realidade


Nenhum comentário :