29 de novembro de 2006

Sonho ou Realidade?

Essa noite tive um sonho.. ou terá sido realidade?
Foi tudo tão real...!!
Você estava lá, lindo, forte, tão perto!!
Com um perfume embriagante, um olhar doce e sedutor...
E quanto mais de você eu me aproximava, mais meu coração disparava,
fazendo o sangue correr mais depressa em minhas veias aumentando meu calor!
Sua pele macia, quase aveludada.. um convite e tanto à perdição!
E eu nao resiti! Deixei meus labios sedentos tocarem seu rosto,
sua boca molhada, seu pescoço.. seu calor vital..
E sua vida se fundiu a minha, correndo em minhas veias
Me trazendo de volta, ao inicio do fim!...


26 de novembro de 2006

Silêncio

Outro dia li o seguinte:
"Parece meio estranho, mas o silêncio às vezes nos traz respostas das quais necessitamos. Escolha um dia em que você esteja se sentindo confuso, vá para um lugar tranquilo e deixe seu silêncio fluir. Ele trará um pouco de descanso à sua alma e a orientação certa para a sua mente."
E então me pus a pensar... não tem nada de estranho nisso, já que o silêncio sempre me preenche, sempre me completa... Nem sempre silencio o que devo, mas de todo, o silêncio é sempre alento...


23 de novembro de 2006

"vem de toda a parte e vai a toda a parte ..."

"Os braços que estão caídos não estão imóveis
E os olhos que estão voltados não estão sem ver..."
- Mário Dionisio


20 de novembro de 2006

mundo real ou realidade virtual?

A sombra de tudo que vejo, olhando esse mundo a meu redor
tenho dúvidas se esse mundo é real ou se tudo não passa de realidade virtual..
Ando pelas ruas, converso com pessoas,
e quanto mais delas tento me aproximar, mas quero fugir..
tenho quase certeza, eu não sou daqui...
Nada parece encaixar, as peças apresentam defeitos mínimos que tornam a engrenagem falha..
e minhas asas estão prontas, cansadas de esperar...


17 de novembro de 2006

Curiosidade do Brasil

Jordânia – MG
Fundação: 27/12/1948
Sua população estimada em 2004 era de 10.040 habitantes.

ISRAEL x JORDÂNIA
Tadeu Martins

Companheiros me escutem, prestem bastante atenção
nessa estória acontecida lá na minha região
quando se passava um ano da “gloriosa” revolução

Ainda tinha validade o título de eleitor
pois o povo ainda podia votar para governador
escolher quem bem quisesse para ser seu defensor

Era uma disputa braba, como não podia deixar de ser
pois só tinha dois partidos para o povo escolher
de um lado a U.D.N., do outro lado o P.S.D.

Cá nas Minas Gerais, esse Estado Brasileiro,
ao Palácio da Liberdade um queria chegar primeiro
Roberto Resende pela U.D.N., pelo P.S.D. Israel Pinheiro

Na cidade de Jordônia, onde esse fato se deu
o prefeito era udeenista, Roberto Resende venceu
mas no resto do Estado pra Israel Pinheiro ele perdeu

Passados quinze dias da posse do eleito
o povo de Jordânia ainda estava insatisfeito
pela sofrida derrota do candidato do prefeito

No outro lado do mundo a coisa “empretava”
dessa vez no Oriente Médio uma guerra estourava
fato que o prefeito de Jordânia nem sequer imaginava

No noticiário matinal da Rádio Guarani
o repórter anunciou essa manchete aqui:
"EXÉRCITO DE ISRAEL FOI PARA JORDÂNIA PRONTO PRA INVADIR"

O prefeito quase desmaia quando ouviu aquela notícia
chamou o seu secretário e ordenou com malícia:
“Avisa pro Delegado pôr de prontidão a polícia”

Mandou a família pra roça, foi pro correio telegrafar
pro deputado majoritário mandar homens lhe ajudar
pois Dr. Israel Pinheiro vinha pronto pra brigar
e explicou ao telegrafista, que ouvia tudo a sorrir,
"Dr. Israel Pinheiro não gostou de ter perdido a eleição aqui
e agora que tomou posse mandou o exército invadir”

O vigário que estava presente, lhe pôs a par da situação
que se tratava de uma batalha travada em outra nação
que não tinha cabimento essa sua preocupação

Olhando pro vigário disse o prefeito aliviado:
"Se Dr. Israel viesse mesmo ele ia voltar desmoralizado
nós arrasava o exército dele
eu, dez jagunços, um cabo e três soldados."


14 de novembro de 2006

Links

Não sei vcs, mas eu tô sempre dando uma olhada nos links dos blogs que eu visito - sempre tem alguma coisa boa!! rsrs
Mas pra quem não costuma visitar, aqui vai um recadinho:
eu achei um site de fotos muito bom! o Focus Gallery. Aliás, tendo um pouquinho de tempo e paciência, tenho certeza que vcs também vão adorar algumas imagens.
Sem contar alguns outros que estão na lista...
E se gostarem de alguma e quiserem copiar/postar, lembrem de pedir permissão ao "dono" da foto, pra dar os devidos créditos a quem merece!!
=)


13 de novembro de 2006

Segunda-Feira 13

Segunda-feira é um dia de amargar
Segunda-feira 13, é meu dia de azar

Pela manhã, logo ao despertar
Sinto que tem um gato preto a me olhar.
Coloco os pés no chão e tenho a certeza
Tenho a certeza que esse é o dia então.

Nessa alegria, me visto atrasado
Disparo e pego o ônibus, com certeza é o errado
Chegando ao trabalho, aquela surpresa -
O chefe com a macaca bem em cima da minha mesa

Vou almoçar em um bar bem fuleiro
Meu último trocado, rolou pelo bueiro
Minha namorada me mandou um cartão
Me deu um pé na bunda e foi morar com um sapatão

Chego em casa, a TV tá quebrada
E pra comer, na geladeira não tem nada
Dormindo só, de barriga vazia
Sorrindo porque amanhã é outro dia!

- Skamoondongos


9 de novembro de 2006

É cada uma que eu escuto...

Ontem estava assistindo TV com o Rapha, e mudando de canal pra ser se passava alguma coisa que presta, paramos por 1 minuto naquele programa do topa ou não topa do Silvio Santos, e a menina tinha que dizer se topava os 243.980,00 reais que o banqueiro tava oferecendo ou se ela não topava e continuava abrindo as maletas... no fim, ela não topou, claro! e ganhou apenas 0,50 centavos..
Aí o Rapha, comentou que se ele tivesse ganho essa grana compraria uns 2 ou 3 imóveis, colocaria o resto no banco e ficava com os juros. E na maior calma, com aquele tom mais normal do mundo emendou.. "aí, ia encher a cara de pinga e bater na mulher!"...
E em seguida nós dois caímos na gargalhada!! rsrsrsrsrsrs


8 de novembro de 2006

Caindo outra ficha!

Eu e minhas viagens... ontem estava no trabalho, e por uns minutos parei pra observar... eu trabalho num escritório com mais uns 50 fucnionários. Desses, apenas os estagiários (6), e alguns desenvolvedores (4) são mais jovens, o restante é mais velho, já com uma situação financeira e familiar mais estável - tem casa e carro, são casados, com filhos... E pela primeira vez percebi que esse perfil acaba espelhando exatamente a empresa, o tipo e o ritmo de trabalho que é ali desenvolvido.
Tá, eu sei.. vc vai dizer: "mas isso é óbvio, tá na cara", mas não pra mim... Eu sempre me irritei muito quando via pessoas mais velhas sendo deixadas de lado ou sendo discriminadas no mercado de trabalho, e sempre me perguntei o porque.. afinal, todos nós vamos envelhecer um dia, e nem por isso vamos ser menos competentes, ou menos úteis...
Mas naquele minuto isso ficou tão claro pra mim... lá o trabalho é sossegado, o clima é agradável, as pessoas são tranquilas.. não tem aqueles ataques mal-humorados de funcionários stressados, não tem aquelas caras feias, nem má-educação... mas também não tem dinamismo no dia-a-dia.. Tudo sempre foi feito daquele jeito, e continua sendo porque sempre foi assim... entende isso? Não existe muito interesse pra melhorar essa ou aquela atividade, não existe muita preocupação em crescer... não porque eles não julgam isso importante, mas porque eles mesmos já passaram dessa fase... eles já estudaram, já planejaram, já construiram, e cresceram.. hoje estão apenas esperando o tempo passar...


7 de novembro de 2006

Criança diz cada uma...

... diz cada uma e coloca a gente em cada situação... rsrsrsrsrs
Meus pais são separados e tiveram 2 filhas (minha irmã e eu). Minha mãe se "casou" de novo. Casou, entre aspas, porque eles não eram casados mesmo, apenas viviam juntos. E dessa união nasceu meu irmão. Ele foi crescendo, e sempre soube que eles não eram de fato casados.
Um dia minha mãe saiu pra comprar camisas pro meu padrasto e meu irmão, então com 4 pra 5 anos, e eu fomos com ela.
Na loja, atendida pelo vendendor, ela disse que queria 2 camisas para o marido dela, mas ficou na dúvida do número que ele usava, e pediu ao vendedor que colocasse em frente ao corpo pois eles eram mais ou menos da mesma altura, e perguntou pra mim se eu achava que serviria. Meu irmão, todo metido, quis dar palpite e perguntou pra quem era a camisa... e minha mãe disse, em tom de criança, que era para o marido dela... e ele, com toda inocência e cara-de-pau do mundo respondeu: "que marido?"...


4 de novembro de 2006

O Castelo Mal Assombrado...

Eu moro em SP há pouco tempo, e, ao contrário de muitos, não acho que seja um bom lugar pra se viver. Mas como todo bom brasileiro, eu também me acostumei... Mas tá longe de ser "meu lugar ao sol", sabe...
Sou obrigada a concordar que aqui tem muito o que se fazer, pra quem tem dinheiro... o que não é o meu caso (rsrs), e o de muitos. E aqueles que não são ligados a coisas materiais, aos luxos, às frescuras, assim como eu, acabam encontrando formas alternativas de se divertir...
Eu, por exemplo, vivo à procura dos "restos mortais" da cidade, das histórias mal-contadas dos becos e vielas, dos autores anônimos de estátuas e monumentos, dos cemitários-museus a céu aberto, dos escombros e ruínas que estão sob nossos pés...

O Castelo Mal Assombrado...
Na rua Dom Domingo de Silos, na zona norte de São Paulo, fica uma construção bastante conhecida na região. Para a maioria, o número 238 da rua abriga um casarão mal-assombrado. E sob certo ponto de vista, é preciso concordar que a aparência da residência colabora para aumentar a má impressão. Com muros recobertos por cercas vivas, o lugar é tomado pelo escuro. Na porta, uma imagem inteira branca é iluminada por uma lâmpada vermelha, dando o clima de medo e tensão.
Sobre o local, muito já se falou. Para alguns, é a residência da "Ku Klux Klan brasileira". Para outros, o templo de diversos rituais de magia negra, onde crianças são brutalmente sacrificadas. Dizem que a imagem que decora a entrada já foi vista, inclusive, caminhando pelos jardins...
Atualmente, a casa é um mosteiro, onde ficam abrigados os jovens ligados aos "Arautos do Evangelho", uma associação internacional de direito pontifício ligada à Igreja Católica. Na residência, há muito ocupada pela igreja, os jovens são treinados para evangelizar. "Aqui é como um mosteiro. Antes dos Arautos do Evangelho, a casa era ocupada pelos monges beneditinos", explica um dos internos. E quanto à lenda, o jovem diz ignorar: - "Não conheço as histórias", desconversa...
De qualquer forma, a casa atrai inúmeros curiosos, que, fascinados pelas lendas do "castelinho mal-assombrado", param esperando que algo aconteça...


2 de novembro de 2006

É Tudo Verdade

Se você é uma daquelas pessoas que acha que documentários são todos chatos, essa é a sua chance de mudar de idéia!
O "É Tudo Verdade - Festival Internacional de Documentários", dirigido por Amir Labaki, fundador do festival, é o principal evento voltado para o gênero documental na América Latina.
O festival será realizado de 22 de março a 1o de abril de 2007 em São Paulo e no Rio de Janeiro, com itinerâncias em Brasilia e Campinas.
Uma nova competição internacional dedicada a curtas-metragens é a primeira novidade do É Tudo Verdade 2007, cujas inscrições já estão abertas.
Saiba mais aqui!!


1 de novembro de 2006

Dia dos Mortos

"Nos cemitérios as lápides limpas, carpidas as ruas e túmulos em flores... As ruas engarrafadas, as lágrimas derramadas... A sensação de missão cumprida daqueles que crêem que os mortos precisam de um dia...
Dia de se lembrar e de homenagear... todos os mortos, indiscriminadamente...
Deixemos os mortos quietos, tranqüilos, que estejam nos mundos já sem desejos e sem apegos. O que fizeram enquanto vivos teve a ver com seu nascimento, educação, saúde, inclusão ou exclusão, violência ou violentação... Que todos descansem em paz..."


"Não sou eu quem desenha.
São estes átomos loucos que se unem num abraço escandaloso debaixo da ponta do meu lápis."
- Mairy Sarmanho


...Here comes the rain again
Falling on my head like a memory
Falling on my head like a new emotion...