28 de março de 2007

Pensamento

"Pensamento vem de fora E pensa que vem de dentro
Pensamento que expectora O que no meu peito penso

Pensamento à mil por hora Tormento a todo momento
Porque que eu penso agora Sem o meu consentimento?

Se tudo o que comemora Tem o seu impedimento
Se tudo aquilo que chora Cresce com o seu fermento
Pensamento dê o fora Saia do meu pensamento
Pensamento vá embora Desapareça no vento
Não jogarei sementes Encima do seu cimento."

- Fernanda Porto


Nenhum comentário :