11 de dezembro de 2007

Ninguém Merece!

Inclusão social requer um certo nível de malandragem, um tanto de bom senso e ética, algumas artimanhas e pouco sentimentalismo, afinal, não vamos mesmo fazer parte de todos os grupos e atividades sociais sempre, e vez em quando vamos ser rejeitados tanto quanto rejeitamos.
E nós sabemos muito bem as dificuldades e os obstáculos que temos que enfrentar pra nos sentirmos socialmente inclusos, e o quanto isso nos afeta pessoal e emocionalmente.

Mas inclusão familiar, definitivamente, é o supra-sumo da nossa vida! Exige de nós tudo e mais um pouco!
Temos ser fortes e pacientes, claros e objetivos, resistentes e maleáveis, sinceros e verdadeiros, honestos, amáveis, íntegros, dóceis, preocupados, interessados e dispostos a fazer dar certo. E quem chega lá, com certeza, é graduado, mestre, PhD em relações nacionais e internacionais, psicologia, direito, direitos humanos e diplomacia.
E haja força, determinação, auto-confiança, discernimento, coragem e disposição, 24 horas por dia, 7 dias por semana e os 365 dias por ano, todos os anos, por toda a vida!!
Ainda assim, só pode dar certo, se todos se comprometerem em fazer o mesmo!! caso contrário... lá se vai todo o esforço por água abaixo...


Nenhum comentário :