17 de julho de 2008

...

Nesse mês que passou um parente nosso faleceu... fomos pegos de surpresa, principalmente por ele ser novo, e aparentemente ter boa saúde.
Triste, sim... ele deixou um filho, e um pai... achei isso mais triste...
Os 2 extremos, o mais jovem, e o mais velho ficaram, e vão ter que conviver com isso pra sempre.
O filho tem uma vida toda pela frente, ainda vai ter muito que viver, e, embora sinta saudade, vai ter muito com o que se preocupar e vai ter tempo pra abrandar esse sentimento...
Mas o pai... esse não vai se conformar nunca, afinal, na ordem natural da vida, ele deveria ter ido primeiro.
A velhice, aos poucos, vai nos isolando do mundo, e as dores, as doenças, a solidão são implacáveis, mas a perda de pessoas queridas, familiares, amigos antigos... De tudo que se possa falar da velhice, acho que essa é a pior delas...


Um comentário :

Cecilia Barroso disse...

Nossa... Eu como mãe imagino que é a pior dor que um ser humano possa sentir. Nada vai minimizar um vazio desses... Muito triste mesmo!