2 de fevereiro de 2010

É Proibido Proibir

É PROIBIDO PROIBIR!

"- 1968 - Os estudantes decidem: é hora de mudar o mundo, é tempo de reinventar a vida. -"

Essa expressão surgiu como palavra de ordem nas manifestações estudantis em Paris. Em 1968, um panfleto afixado nos portões da Sorbonne, principal universidade francesa, dava o tom da contestação:
"A revolução que começa questionará não apenas a sociedade capitalista, como também a sociedade industrial.
A sociedade de consumo tem de morrer de morte violenta. A sociedade da alienação tem de desaparecer da história.
Estamos inventando um mundo novo e original. A imaginação está tomando o poder."
- Fonte: Culturas da rebeldia: A juventude em questão, livro de Paulo Sérgio do Carmo
Até quando vamos achar que o país é o nosso governo? Até quando vamos acreditar que o poder está somente nas mãos de nossos governantes? Por quanto tempo mais vamos nos colocar na posição de vitimas, injustiçados e ludibriados por nossos governantes, donos do poder nós mesmos lhes demos ao elegê-los?
Se o país não é feito de seus cidadãos, então de que é feito? Somente de seus governantes? Como diz o ditado, uma andorinha só não faz verão, e 1 presidente, 1 vice, alguns tantos deputados e parlamentares não fazem uma país.
Houve um tempo em que todos lutavam por um mesmo ideal e a união fez a força. Me pergunto em que momento perdemos a coragem, a garra e a determinação pra manter esse postura e fazer valer nossos direitos e obrigações, e nos acomodamos, nos refugiamos no conformismo prático e patético que nos assola e nos impede de ver além dos nossos umbigos...
Esperar que o outro faça é só uma tremenda desculpa esfarrapada pra não fazer nada. Esperar que somente os governantes façam e se isentar das responsabilidades, deveres e obrigações é tacanho, medíocre e covarde.
Se queremos um país justo e honesto, temos que ser justos e honestos. Se queremos um país solidário, educado, culto e decente, temos que ser solidários, educados, cultos e decentes. Se queremos um país nosso, temos que ser o nosso país, de corpo, alma e coração.
Acorda, Brasil!!


2 comentários :

Mary disse...

Sabe o que aconteceria se eu vivesse em 68? Eu apanharia MUITOOOO da polícia.

Eu brigo muito pelo que acredito. E acho que tm que ser assim mesmo, em qualquer lugar.

Beijos meus.

E quando eu estiver bobo, sutilmente disfarce disse...

Isso nunca vai ter fim. Podemos tentar sim. Ficar só no pé.. Mas mudar acho dificil. Os proprios politicos dão forças para o trafico de drogas e outras banalidades. isso nunca vai ter fim.