26 de janeiro de 2010

Vai Saber?!...

"... E hoje em dia, como é que se diz:
- eu te amo!?..."
- vamos fazer um filme, Legião Urbana -

Não sei onde foi que eu li esses dias alguma coisa sobre como agradar homens e mulheres hoje em dia está tão complicado, e me peguei pensando a respeito... 

Na época dos meus avós nem tinha motivo pra se perguntar isso - todo mundo sabia que a mulher era "feita" pra ser submissa, casar virgem, cuidar da casa, do marido e da família, e que o homem era "feito" pra sustentar a família. A grosso modo, era isso, e os homens sabiam exatamente o que tinham de ser para agradar a mulher e vice e versa, já que as qualidades necessárias eram basicamente essas.

Na época dos meus pais, as mulheres também eram "feitas" pra casar virgem, cuidar da casa, do marido e da família, mas ter estudo e uma profissão já estavam em pauta, e os homens também eram "feitos" pra sustentar tudo isso, mas já permitiam que as esposas dessem sua opinião e ajudassem com o orçamento familiar. Daí ter estudo, trabalho, e algum objetivo na vida satisfaziam à dúvida do que agradavam aos homens e mulheres.

E até então, desde a época dos meus avós, homens e mulheres eram "feitos" para "precisarem" um do outro, cada um com a sua "parcela de obrigação" na vida cotidiana de ambos. Um fazendo o que o outro não "podia" ou "devia" fazer, um completando" o outro.

Mas e hoje? Homens e mulheres são independentes, cuidam da casa, da família e do orçamento, trabalham, estudam, ganham dinheiro, tem amigos e fazem sucesso sozinhos, sem precisar de ninguém. Um não "precisa" mais do outro pra "completar" nada. E mais, ainda descobriram que esse "egoísmo" individualista facilita e muito a vida como um todo, já que tudo é calculado pra 1 - os gastos e dívidas são menores, as responsabilidades também, e o sucesso é prêmio único, sem tem que ser dividido.

E então, como é que se agrada os homens e mulheres de hoje? Estudo e trabalho cada um tem. Casa, carro e dinheiro, cada um consegue sozinho. Valores morais e éticos já não influenciam mais - mulheres não precisam ser mais virgens e homens não precisam ser os primeiros, e muitos dos erros, deslizes e fracassos cometidos já são aceitos e compreendidos por ambos, dando espaço à aceitação, ampliando o leque de possibilidades, baseadas em... - no que mesmo?! Beleza? Riqueza? Sucesso? Popularidade? Posição Social? Como saber!?!...

Do que eu sei, o ser homem não foi feito pra ser sozinho, não importa de que época se fale. E diante de tanta igualdade social, cultural, financeira e sexual entre homens e mulheres, não consigo achar uma resposta plausível pra essa pergunta, nem para muitas outras que vêm em seguida... o que queremos de nós mesmos? o que queremos do outro? do que precisamos para ser felizes numa vida a dois? o quanto uma vida a dois pode ser satisfatória e o quanto vale à pena sacrificar pra agradar um ao outro?... Se é que vamos conseguir agradar... rsrs


22 de janeiro de 2010

Befunky

Befunky - Achei esse programinha no blog Microfonia Verbal e adorei!! É fácil de usar, não tem que cadastrar, não tem fazer login... é só escolher a foto e se divertir!!




21 de janeiro de 2010

Saber é poder! E saber votar então... é um dever!!

"... Vem, vamos embora que esperar não é saber...
Quem sabe faz a hora, não espera acontecer..."
- Pra não dizer que não falei das flores, Geraldo Vandré -

Acredito que muita gente sabe muito pouco e mais gente ainda sabe nada sobre Ciências Sociais e Políticas. E eu, que faço parte do primeiro grupo, resolvi procurar na net qualquer coisa sobre o assunto que fizesse algum sentido, informação confiável, que pudesse ser levada a sério e que me agregasse de fato algum valor.
E descobri que o Instituto do Legislativo Paulista (ILP) é um centro multidisciplinar de estudos, capacitação e políticas públicas, que além de cumprir com a finalidade de subsidiar os trabalhos parlamentares e ações legislativas na área de políticas públicas, também oferece diversos cursos gratuitos que são abertos ao público.
Por exemplo, as inscrições para o Curso de Iniciação Política estão abertas, basta se cadastrar pela internet e estudar!!
- Visite o site Assembléia Legislativa de São Paulo para saber mais!!
- Para a agenda de cursos e palestras, veja Instituto do Legislativo.

Visite também o site Voto Consciente, entidade cívica e apartidária formada por voluntários, com a missão de mostrar ao cidadão seus deveres na democracia: Votar, Cobrar e Participar.


20 de janeiro de 2010

Nem Todo Carnaval Tem Seu FIM


Venho acompanhando na net os esforços de todos em ajudar São Luiz do Paraitinga, e achei legal divulgar a iniciativa e o resultado deste grupo.
Mais de 400 pessoas deram um exemplo de solidariedade e alegria no domingo, no show "Nem todo Carnaval tem seu fim". Com o apoio da Prefeitura de Jacareí e de diversas empresas da cidade, o show foi organizado por um grupo de voluntários com o objetivo de arrecadar doações para as vítimas das enchentes do início do ano em São Luiz do Paraitinga.
Mais informações e fotos aqui no Blog Ajude São Luiz do Paraitinga


18 de janeiro de 2010

Ano Novo Chinês em SP

Pra quem já sabe, vale lembrar. Pra quem não sabe, vai a dica...


Pelo 5o. ano consecutivo, São Paulo comemorará a entrada do Ano Novo Chinês. Leões e dragões vão anunciar a chegada do ano novo, e a cor vermelha vai enfeitar a praça, as ruas e restaurantes do bairro Liberdade nos dias 6 e 7 de fevereiro.
2010 - O Ano do Tigre
Tradicionalmente, a festa está ligada ao Horóscopo Chinês, representado por doze animais, cada um trazendo suas características para o ano. O Tigre representa grandeza, fazendo com que tudo aconteça com maior intensidade, nada acontece em escalas tímidas ou pequenas. O animal é ativo, aventureiro e desperta garra e desejo de realização nas pessoas que, com novas idéias, conseguem êxito profissional e pessoal.
O evento explora expressões artísticas e culturais fazendo apresentações no palco como desfile de roupas, kung Fu, pinturas e músicas. No palco montado na praça, academias de artes marciais, grupos de danças, músicas e organizações sociais apresentarão rituais e outras manifestações artístico-culturais típicas do país.
E barraquinhas de comidas típicas oferecerão um pouco da gastronomia chinesa aos interessados.


Leia mais aqui!! - Ano Novo Chinês


15 de janeiro de 2010

Amigos

"...Cause you got friends you can trust... 
 Friends will be friends... right to the end..."
- friends will be friends, Queen -

Esse post eu dedico aos meus amigos queridos e amados, que mesmo distantes, geograficamente falando, sempre vão estar em meu pensamento, sempre vão ter um lugar especial em meu coração e sempre vão fazer a minha vida valer à pena!!
- Amo Vocês!!

Dizem que amigo é aquele que sabe tudo sobre você, que te conhece profundamente e ainda assim te ama. Pois eu não posso reclamar. Não tenho sorte com jogos, não dou muita sorte no amor, mas de amigos, eu não posso falar. Passei na fila sozinha, ganhei na mega-sena, tirei a sorte grande de ter os amigos que tenho. Não são muitos, mas valem tudo!!

Entre mudanças de bairro, de escola, de trabalho, de cidade, e até de país eu fiz vários amigos. Diria até que são os melhores que alguém poderia querer. Tenho amigos que são como irmãos pra mim, que estão comigo na horas boas, que estão comigo nas horas ruins e mais  que isso, amigos que me deixam estar com eles nessas horas também.

Pessoas com quem aprendi muito apesar de nem sempre parar pra agradecer. Pessoas que me fizeram ser o que eu sou hoje, que contribuiram para meu crescimento e me fizeram amadurecer, e que também amadureceram ao meu lado. Pessoas que partilham do meu mundo, mesmo vivendo em mundos diferentes. Esses amigos já sabem que são meus amigos!! Eles não têm dúvida nenhuma disso, mas esse post vai só pra reforçar...

Com eles posso falar o que eu quiser, dizer o que eu penso e sinto de verdade, sem me preocupar se eles vão pensar isso ou aquilo, se eles vão me julgar ou falar nas minhas costas, com eles não tem essa. Podemos falar de familia, de sexo, de medo, de conflitos, de amor, de carinho, de saudade, de medos, de receios, de preocupações, de sonhos... até do tempo, não importa. E o mais gostoso é que a gente não perde tempo falando mal da vida de ninguém, não perde tempo nem falando dos outros, nem com diz-que-diz-que...

Aliás, acho isso o maior saco. Não tenho talento pra gente que adora uma fofoca, que vive falando mal da vida do outro, que um fez isso, que o outro fez aquilo. Detesto isso. Todo mundo tem seus defeitos, todo mundo tem seus podres, todo mundo faz besteiras de vez em quando e nem por isso deixa de ser legal, ou deixa de ter alguma coisa boa pra dar.
Com meus amigos, não preciso me preocupar. A gente já fala na cara de uma vez o que pensa e pronto. E o melhor, se diverte com quase todas as situações.
E nada como ter amigos que nos conhece de verdade pra conversar... e poder conversar com sinceridade...


14 de janeiro de 2010

Nó na garganta...

Quem nunca desligou o telefone com a frase presa na garganta? Ou foi dormir explodindo de raiva por não ter exposto sua opinião? Já foi embora sem dizer o que queria? Tipo "se", "qualquer dia desses, quem sabe"...
Como anda o armazém de frases-não-ditas? O meu? um caos, as prateleiras lotadas, vagetas abarrotados, uma desordem sem tamanho.
Que sensação! Parece que você comeu um bolo de massa crua. Nem desce nem sobe, e fica ali, preso na boca... Você dorme e acorda remoendo aquilo, sem conseguir engolir e sem cuspir, por educação, por compaixão, por comodismo, por medo, ou por qualquer outro sentimento que às vezes vc nem sabe explicar...
Hoje tudo o que eu queria era rasgar o verbo...


13 de janeiro de 2010

Figurinha repetida não preenche álbum!

"...Agora quando eu estou melhorando
Você me aparece pra me aborrecer
..."

- judiaria, Arnaldo Antunes -

O ser humano é um bicho engraçado. Estranho até, eu diria. Só percebe que era feliz quando está no meio de um furacão, só se dá conta das besteiras que faz quando alguém joga na cara deles, só dá valor às pessoas depois que perde.
E disso eu posso falar.

Estou sempre ouvindo histórias do tipo: - "há... a gente vivia brigando, e só agora que acabou é que percebi que ele é o amor da minha vida", "puxa, eu sei que casei, mas morro de saudade da ex, não paro de pensar nela um segundo sequer", "fui eu que terminei, mas eu te quero pra sempre, e vc sempre vai ter prioridade na minha vida", "nossa, como tudo era perfeito com vc, não sei porque fiz tudo aquilo pra te magoar", "caramba, vc é a mulher da minha vida e sempre será, mesmo que eu já esteja com outra"... 

Ah... me poupe!! Já está com outra, então vai ficar com ela. Já se casou, então me esquece. Já me magoou e o tempo passou, presta atenção pra não magoar o próximo e segue a vida. Bola pra frente que atrás vem gente. Vai secar gelo, vai pentear macaco, vai chupar prego pra ver se vira tachinha... vai cuidar da sua vida e deixe que eu cuide da minha, oras.

Ninguém merece! Se vc fosse a cereja que faltava no bolo, se fosse o tijolinho que faltava pra terminar a construção, se vc fosse mesmo a figurinha que faltava pra completar o álbum, teria completado. Se acabou, é porque vc não é.

E ficar nessa, acreditar nesse papo pra boi dormir não leva a nada. Tá, saber que foi especial, que foi bom e que deixou saudade é legal? É! Mas figurinha repetida definitivamente não preenche álbum... Move on!!


12 de janeiro de 2010

A vida como ela é!...

Eles se conheceram num domingo qualquer.
Ele, um cara bacana. Lindo, educado, interessante. De olhar intenso, que faz as pernas dela tremerem!
Ela, uma garota bacana. Linda, simpática, interessante, tímida até. Dona de um sorriso lindo, que ilumina o dia!
Ela gostou dele logo de cara. Ele, discreto, passou o dia perto dela. Conversaram um pouco, sobre coisas comuns, música, trabalho. Descobriram que fazem aniversário quase juntos, só alguns dias de diferença. E quando ela pensou em convidá-lo para "comemorar" o aniversário atrasado, ele foi embora com outra garota...

Dias depois, tentando falar com um amigo, sem querer ela liga pro número errado, 2 vezes, e alguém, com uma voz irresistível, atende. Ela pede desculpas pela confusão e desliga. Mas não resiste, manda uma msg pra ele, ele responde, e uma história começa...
Eles trocam emails o dia todo. Não se conhecem, mas descobrem que têm muitas coisas em comum. Apesar da distância virtual, eles se aproximam, falam de meias, música e futebol, riem juntos de situações engraçadas, e quando não se "falam", sentem saudade.

Numa amadilha do acaso, sem nunca imaginar que seria possível, ela descobre que eles já se conhecem, e se vê numa saia-justa...
Ele adora "falar" com ela, ela adora "falar" com ele, e vibra ainda mais ao saber que ele é o mesmo cara bacana, lindo e interessante que ela conheceu no outro domingo qualquer. Se ela tivesse certeza que ele também gostou dela quando se conheceram, teria contado no ato. Mas então ela se lembra que ele foi embora com outra garota... Ela não queria "perdê-lo", achou que o pouco que eles tinham era muito, e era melhor que nada, e cometeu o erro de não contar...

Ele decide que eles têm que se encontrar. Mesmo morrendo de vontade de vê-lo de novo e curtir com ele aquele curta-metragem mágico, leve, livre de promessas e exigências, ela reluta, sabendo que quando se encontrarem, ele não vai conseguir esconder a decepção...
Ele insiste, e ela, num impulso de coragem, eleva seu pensamento mais positivo pra acreditar que no fim aquela sensação de não agradá-lo vai desaparecer, e ele vai se render aos encantos dela.

Pra ela, a noite foi mágica. A saia-justa em que se meteu, o calor da pele a cada olhar dele, o coração acelerado a cada beijo, o arrepio a cada toque... Ela foi pra casa leve, com vontade de mais.
Ele se limitou a mandar uma msg cordial, quase agarrada à insensibilidade, desejando a ela um feliz ano novo...


7 de janeiro de 2010

Ah! O amor...

 "...Fundamental é mesmo o amor
É impossível ser feliz sozinho..."


Eu e minhas faxinas... eu tava em casa dando uma "geral", e acabei encontrando um rascunho de uma carta que eu escrevi em resposta pra uma amiga um tempo atrás. Engraçado reler o rascunho, faz tempo que escrevi a carta, mas parece que foi ontem, continuo com a mesma opinião...
"... faz tempo que não escrevo cartas, e mais tempo ainda que não falo de amor... 
Ah! O amor... eita sentimendo danado!! Faz a gente ir do paraíso ao inferno numa velocidade incrível!
Tira a gente do ar, faz a gente sorrir sem ter motivo, faz a gente ver tudo colorido, faz a gente viver. Mesmo se tudo o mais estiver ruim, né?!
Sentimento complicado, que nasce do nada e mexe em tudo que vai dentro da gente, que mistura e confunde os pensamentos, que bagunça toda a harmonia dos nossos sentidos, que deixa a gente sem saber o que é certo e o que é errado, o que é sonho, o que é realidade.
Acho que é por tudo isso que quando acaba deixa um vazio enorme, uma sensação de que o mundo não é mais o mesmo..."


6 de janeiro de 2010

Homem Perfeito

Recebi esse texto por email - diz ser do Arnaldo Jabor - e achei muito legal.
Mas como o texto é comprido, vou deixar aqui só um trechinho...
"...Não tente mudar para seu homem ser fiel. Não adianta. Silicone, curso de dança sensual, se vestir de enfermeira etc... Nada disso vai adiantar. É lógico que quanto mais largada você for, menor a vontade do homem de ficar com você e maior as chances do divórcio. Se perfeição adiantasse, Julia Roberts não tinha casado três vezes. Até Gisele Bündchen foi largada por Di Caprio. Não é você que vai ser diferente (mas é bom não desanimar e sempre dar aquela malhadinha)..."


5 de janeiro de 2010

Alice no País das Maravilhas

"Mil acasos me levam a você
No ínicio no meio ou no final..."


Eu assisti esse trailer em 3D...
No trailer, a cena da cara do gato (51/52 seg) é fantástica!!
Se o filme for como o trailer (infelizmente nunca é), vai ser incrível!!
:D