29 de abril de 2011

Little Thor


27 de abril de 2011

Torradas Queimadas

Quando ainda era um menino, ocasionalmente, minha mãe gostava de fazer um lanche, tipo café da manhã, na hora do jantar. E me lembro especialmente de uma noite, quando ela fez um lanche desses, depois de um dia de trabalho, muito duro.

Naquela noite, minha mãe pôs um prato de ovos, linguiça e torradas bastante queimadas, defronte ao meu pai. Eu me lembro de ter esperado um pouco, para ver se alguém notava o fato.
Tudo o que meu pai fez, foi pegar a sua torrada, sorrir para minha mãe e me perguntar como tinha sido o meu dia, na escola.
Eu não me lembro do que respondi, mas me lembro de ter olhado para ele lambuzando a torrada com manteiga e geléia e engolindo cada bocado.

Quando eu deixei a mesa naquela noite, ouvi minha mãe se desculpando por haver queimado a torrada. E eu nunca esquecerei o que ele disse:
- Adorei a torrada queimada!

Mais tarde, naquela noite, quando fui dar um beijo de boa noite em meu pai, eu lhe perguntei se ele tinha realmente gostado da torrada queimada. Ele me envolveu em seus braços e me disse:
- Companheiro, sua mãe teve um dia de trabalho muito pesado e estava realmente cansada...  Além disso, uma torrada queimada não faz mal a ninguém. A vida é cheia de imperfeições e as pessoas não são perfeitas.
E eu também não sou o melhor marido, empregado, ou cozinheiro, talvez nem o melhor pai, mesmo que tente todos os dias!
O que tenho aprendido através dos anos é que saber aceitar as falhas alheias, escolhendo relevar as diferenças entre uns e outros, é uma das chaves mais importantes para criar relacionamentos saudáveis e duradouros.
Desde que eu e sua mãe nos unimos, aprendemos, os dois, a suprir um as falhas do outro. Eu sei cozinhar muito pouco, mas aprendi a deixar uma panela de alumínio brilhando.
Ela não sabe usar a furadeira, mas após minhas reformas, ela faz tudo ficar cheiroso, de tão limpo. Eu não sei fazer uma lasanha como ela, mas ela não sabe assar uma carne como eu. Eu nunca soube fazer você dormir, mas comigo você tomava banho rápido, sem reclamar.
A soma de nós dois monta o mundo que você recebeu e que te apoia, eu e ela nos completamos. Nossa família deve aproveitar este nosso universo enquanto temos os dois presentes.
Não que mais tarde, o dia que um partir, este mundo vá desmoronar, não vai. Novamente teremos que aprender e nos adaptar para fazer o melhor.
De fato, poderíamos estender esta lição para qualquer tipo de relacionamento: entre marido e mulher, pais e filhos, irmãos, colegas e com amigos.

Entao, se esforce para ser sempre tolerante, principalmente com quem dedica o precioso tempo da vida à você e ao próximo. As pessoas sempre se esquecerão do que você lhes fez, ou do que lhes disse. Mas nunca esquecerão o modo pelo qual você as fez se sentir!

- não sei a fonte, nem o autor... recebi por email e achei que valia à pena repassar...


25 de abril de 2011

Ditado popular... vale pra tudo e pra todos?

Acho que todo mundo conhece aquele ditado que diz: "Trate o próximo como você gostaria de ser tratado."

Não tenho certeza, mas desconfio que esse ditado se refere à quase tudo... educação, gentileza, carinho, cuidado... Mas, eu aqui com meus botões, depois de uma dessas conversas de banheiro feminino, viajando na maionese, fiquei pensando... se a gente fizer isso mesmo, sempre tratar o outro como a gente gosta de ser tratado, como fica quando o assunto é mais "polêmico", vamos dizer assim?! rsrs

Enquanto a gente tá falando de coisa boa, parece ser inofensivo.. vc gosta de ser tratado como um rei então vai tratar o próximo como um rei também. Mas...

E se vc gosta de levar uns tapas? e se vc gosta de ser humilhado? e se vc gosta de ser traído? etc... E aí? Se a gente praticar o ditado ao pé-da-letra, vc vai dar uns tapas, vai humilhar, vai trair também?
E se o outro não gostar de nada disso? Vc pode gostar e querer isso pra vc, mas o outro não... e aí, como é que fica?

O "bom-senso" mandaria vc dizer o que gosta, te daria umas dicas pra pedir aquilo que quer, assim vc teria aquilo que espera e se sentiria feliz, sem ferir ninguém, sem ferir nenhum princípio ou valor importante para o outro.

Pena que nem sempre o "bom-senso" fala mais alto, né...


18 de abril de 2011

Chimarruts - Do Lado de Cá


14 de abril de 2011

E vc ainda quer um gato?!

Published with Blogger-droid v1.6.8


Perguntar ofende?

Se perguntar não ofende...
PQ VC NÃO VAI TOMAR NO CÚ?!

- furo mtv
Published with Blogger-droid v1.6.8


12 de abril de 2011

I hate sandcastles


11 de abril de 2011

Felicidade incomoda, né?!...

EU SOU FELIZ! SOU FELIZ MESMO!!
E AZAR O SEU SE VC NÃO É!!!

É impressionante como a felicidade alheia incomoda! É uma coisa de louco!!
O feliz não tá nem aí se o outro é feio, bonito, simpático, elegante... se o outro tem isso ou aquilo, se deixa de ter; se o outro faz isso ou aquilo, se deixa de fazer... E é mesmo impressionante como isso incomoda tanto quem é infeliz, né!
E pra piorar, ao invés de cuidar da própria infelicidade tratando de ser feliz, o infeliz cuida da sua felicidade, dando de tudo pra te fazer infeliz... aaaahhhhhhhhhh.... ninguém merece!!

Sabe, eu não sou melhor que ninguém! E a minha vida não é diferente também... 
Eu tenho um monte de contas pra pagar e o salário nunca dá; não tenho carro, portanto dependo de carona dos amigos, e ando de ônibus lotado todo dia; não nasci nadando em dinheiro, portanto eu acordo todo dia cedo pra trabalhar, com chuva ou com sol, com vontade ou com preguiça; não tenho casa própria, portanto 70% do meu salário vai pro ralo, em aluguel e condomínio... ou seja, igual a maioria das pessoas que eu conheço e que vc conhece também.

Acontece que:
- Eu moro num ap super legal! Pequeno e sem muita frescura. E meu cafofo é lindo, todo pintado e enfeitado à (minha) mão! Graças à minha criatividade!
- Eu tenho um maridão! Companheiro, amigo, confidente, cozinheiro de mão cheia, gostoso, trabalhador, simpático, cheiroso, honesto, sorridente, que me ama, e é meu marido e é mais feliz comigo porque eu o amo também, e sou mais feliz com ele.
- Eu tenho amigos que valem á pena! Um monte, daqueles que dinheiro nenhum paga. E eles me acompanham a vida toda e estão sempre à minha volta, simplesmente porque eu faço isso acontecer, eu ligo pra eles, eu procuro sempre que posso, eu me preocupo com eles, eu me faço presente na vida deles, assim como eles se fazem presente na minha vida.
- Eu gosto do meu emprego! Divido o dia com pessoas com quem eu me divirto, com quem eu dou risada, com quem eu aprendo não só a ser uma profissional melhor, mas a ser uma pessoa melhor, e trabalho num lugar legal com pessoas legais porque eu também faço o dia delas melhor.

Por isso, EU SOU FELIZ MESMO, e faço por merecer!!
Tenho defeitos como todo mundo tem, faço besteiras e cometo várias burradas, sou tão normal quanto qualquer um que vc conhece; e eu, sozinha, também sou capaz de me sabotar o tempo todo, sou capaz de ser minha pior inimiga, me colocando pra baixo, me desprezando, me desfazendo, me fazendo infeliz.. aaahhh...
- Quer saber?!: EU MEREÇO A MINHA FELICIDADE!!
Eu mereço o ap legal onde eu moro; eu mereço o marido e os amigos que tenho; eu mereço o meu emprego... e se tudo é recíproco, essa é então a maior prova de que eu mereço mesmo!

Portanto, EU SOU FELIZ! EU MEREÇO A MINHA FELICIDADE!! E AZAR O SEU SE VC NÃO É!!!


8 de abril de 2011

AMO!!


7 de abril de 2011

O que não se pode explicar aos normais!...


'... entre a razão e a emoção
eu escolhi você!...'

- o que não se pode explicar aos normais -


6 de abril de 2011

Novas fotos no PUB!!

- Novas fotos no PUB!!


5 de abril de 2011

Só Google sabe...


1 de abril de 2011

Ser feliz...

"Viver! E não ter a vergonha de ser feliz!..."
- Gonzaguinha em O que é? O que é? 

“Posso ter defeitos, viver ansioso e ficar irritado algumas vezes, mas não esqueço de que minha vida é a maior empresa do mundo. E que posso evitar que ela vá à falência.

Ser feliz é reconhecer que vale a pena viver, apesar de todos os desafios, incompreensões e períodos de crise.

Ser feliz é deixar de ser vítima dos problemas e se tornar um autor da própria história. É atravessar desertos fora de si, mas ser capaz de encontrar um oásis no recôndito da sua alma. É agradecer a Deus a cada manhã pelo milagre da vida.

Ser feliz é não ter medo dos próprios sentimentos. É saber falar de si mesmo. É ter coragem para ouvir um não. É ter segurança para receber uma crítica, mesmo que injusta.

Pedras no caminho? Guardo todas, um dia vou construir um castelo...”
- Fernando Pessoa

----------------------------------------------
P.S.: Eu daria o mundo pra conseguir pôr em prática cada verso desse poema todos os dias...