31 de janeiro de 2013

A soma de tudo que somos...

"Cada pessoa que passa em nossa vida, passa sozinha, porque cada pessoa é única e nenhuma substitui a outra! 
Cada pessoa que passa em nossa vida, passa sozinha mas não nos deixa só porque deixa um pouco de si e leva um pouquinho de nós...."

Cheguei à conclusão que somos o resultado de tudo o que já vivemos. Um acúmulo de todas as experiências e consequências de tudo o que passamos. O que temos de bom pra oferecer e o que temos de bom dentro de nós pra receber tbm, porque nem sempre vemos o que nos é oferecido com os mesmos olhos de quem nos oferece, justamente por nossos limites, e pelo que somos...

Também criamos expectativas em cima do que já experimentamos. Sabe aquela história - eu não sei bem o que quero, mas sei muito bem o que não quero mais? - Acho que é um pouco disso...
O que já vivemos que foi bom, tentamos resgatar, mesmo que de outras maneiras, afinal, mudamos e amadurecemos o tempo todo... E o que já vivemos que não foi tão bom assim, tentamos muitas vezes reviver na tentativa de mudar a marca que ficou, já que fomos "treinados" a sempre fazer melhor, a concertar o que deu errado antes... 

E no fim, nem sempre conseguimos o que buscamos por conta de nossas próprias barreiras, aquelas que ficam guardadas dentro de nós e nos limitam a ver com outros olhos, a perceber com outro ponto de vista, a  agir de outra forma, a acreditar de novo...

E se quisermos ser feliz de verdade, temos que vencer a nós mesmos...


30 de janeiro de 2013

Para aqueles que sentem que alguma coisa tem que mudar...

...mesmo sem saber bem o quê!...

(...) Ler o jornal, assinar o ponto. Uma vez ou outra um relatório sem importância. Uma reunião onde todos falam, mas ninguém escuta. Para passar o tempo. Mas o tempo não diz nada frente ao problema. E diz tudo, pois adiar o quanto mais só vai causar mais dificuldades. Adoecer.

Mas essa não era toda parte da história. Era, apenas, uma parte importante da história, mas não toda ela. Essa história tem filhos, galinhas e quintais. Árvores, dias felizes e infelizes como em toda estória. De cinematográfico e louco todo mundo tem um pouco. Principalmente depois da invenção do cinema centenário. Vida pacata, com poucas coisas de concreto acontecendo. Tudo muito parado para o usofruto de uns poucos em detrimento de muitos. Mas, acontecendo.

Viver é o que está difícil nesses dias de hoje. Sobreviver é a regra geral. Se fingir de morto tem sido uma estratégia muito em voga. Tentar se ausentar do problema, como se isso fosse possí­vel tem sido a solução adotada por uns. Mas não por todos. Ainda bem.

Temos pressa e para onde vamos temos que chegar. Acreditar em um objetivo é fundamental. Ter coerência, se esforçar e lutar para conseguir, é grandeza de caráter e desprendimento de espírito.

Mas saber disso pouco importava naquela hora. Aliás, saber um monte de coisas naquela hora poderia fazer diferença, não naquela hora. Aguardar para ver como as coisas ficam. Espero que não fiquem assim a vida inteira.

- texto de Ivaldo Gomes


28 de janeiro de 2013

Cinquentonas maravilhosas... mas não da vida real, né!

Ontem eu tava vendo uma reportagem na TV sobre as cinquentonas maravilhosas com corpo de dar inveja a muitas mulheres de 25... todas famosas que ou ganham a vida cuidando do corpo (professoras de educação física e personal trainer), ou não precisam trabalhar pra cuidar do corpo...

Nada contra elas, e nem tirando o mérito de ninguém, mas queria ver as cinquentonas maravilhosas da vida real - que tem família, filhos, que acordam cedo pra trabalhar e chegam em casa e tem que cuidar de tudo - lavar, passar, cozinhar, cuidar da casa, dos filhos, do marido e ainda terem todas as contas no final do mês pra pagar com o salário contado...
É, pq chegar aos cinquenta lindas, gostosonas, com corpinho de 25 sem rugas e celulites nessas condições, de vida real, é que são elas...

Mulheres de verdade, que dão conta de tudo, que são trabalhadoras, e batalhadoras, que são pilares de uma família, que tem carater e valores, que preparam e ensinam seus filhos e maridos a serem melhores neste mundo tão vil, tão podre, tão falso e medíocre, essas sim são maravilhosas, e mereciam reverências  honras... mas dessas ninguém quer falar, né...

Matérias como essa são de uma tremenda hipocrisia e muita cara-de-pau da mídia... não condiz nem com a nossa realidade, nem com o mundo em que vivemos...


17 de janeiro de 2013

...



"Assuma sua solidão, tire proveito dela, mostre ao mundo que você se basta, mesmo que não tenha certeza disso. Homens querem companheiras, não irmãs mais moças que necessitam de guarda-costas."

- Martha Medeiros


15 de janeiro de 2013

Dúvidas...

VOCÊ NASCEU PARA O MUNDO OU O MUNDO NASCEU PRA VOCÊ?
Você já parou pra pensar se o mundo estava pronto quando você nasceu ou se foi você que criou o mundo?

EXISTE TEMPO? PRESENTE, PASSADO E FUTURO?
Você já parou pra pensar se tempo existe mesmo ou se ele só acontece no nosso pensamento? O que aconteceu ontem? Mês passado? 10 anos atrás? Verdade? E amanhã - existe? Quem viu? Ou é vc que acredita nisso?

O QUE É REAL?
Você já se perguntou o que é real? Eu, você.. as coisas, as pessoas, os animais, as situações são reais? Ou elas só existem por que vc as vê? E o que acontece atrás de vc e vc nem fica sabendo? é real ou nem existe?


14 de janeiro de 2013

Altos e baixos...

A vida da gente tem tantos altos e baixos que às vezes parece impossível tomar as decisões certas, fazer certas escolhas...

Umas vezes reagimos de um jeito que dá certo, outras vezes, em momentos tão parecidos reagimos do mesmo jeito e não dá... As vezes passamos por tantos imprevistos e situações inesperadas, e outras por tantas situações repetidas em momentos tão diferentes que as respostas que achamos ser as certas acabam na verdade nem sempre sendo...
Mais ou menos como diz o ditado - se fazemos as mesmas coisas do mesmo jeito, as consequências são sempre as mesmas...

Mas é difícil se "reinventar" o tempo todo, né...